terça-feira, dezembro 05, 2006

E a tuia...

- Asderbaldo, fecha a janela.
- Mas amor, a gente vai somente até a esquina... tá um maior calorão, fechar a janela pra que?
- E se chove? Esse tempo maluco a gente nunca sabe. Vai, num reclama e fecha a janela.
- Querida, pensa comigo: a gente vai até a esquina escolher uma árvore de Natal. Não deve demorar mais que vinte minutos, meia hora no máximo. Se o tempo fechar, a gente volta a tempo... Amor, se fechar a janela fica tudo abafado...
- Asderbaldo. Fecha. A. Janela.
- Num fecho.

Com todas as janelas da casa fechadas, praticamente seladas, fomos neste final de semana realizar a primeira tentativa de aquisição de uma árvore de Natal.
Todos os anos anteriores a dita cuja foi daquelas artificiais, mas esse ano me convenceram a comprar um exemplar retirado da mãe natureza. O que, digamos, achei excelente.
Nada como comemorar o Natal com árvore verdadeira... Fala a verdade, árvore artificial é até bonitinha, mas nada se compara a um belo e frondoso pinheiro que a gente coloca no canto da sala e arruma tudo para celebrar a melhor festa do ano e...

- Como em que canto? Todo ano a gente coloca a árvore no mesmo canto.
- Justamente... Eu estava querendo mudar... Ah, sei lá, já que a gente vai comprar uma árvore natural, podia também mudar o canto da sala.

Conhecendo o eleitorado, já imaginei que a compra de uma árvore natural ia ser a desculpa para chamar pintor, pedreiro e fazer uma reforma completa na sala e achei melhor mudar de assunto.

- Olha aquela lá que linda!
- Qual das crianças você vai expulsar de casa para caber essa árvore?
- Ah, Asderbaldo, você é um pessimista. Essa árvore vai ficar linda com todos os pisca-piscas e anjinhos...
- Verdade, mas... Bem, sei lá. Se você quiser, pode ser essa.
- Te amo, querido. A árvore vai ser o sucesso da ceia... A mamãe vai adorar e...
- Mamãe?
- Ah, não te contei, ela vai passar o Natal com a gente.
- Nem precisava, querida, todo ano ela passa. Mas vamos lá... Moço, quanto é essa árvore.
.
.
.
- E se eu levar a floresta inteira tem promoção?
- Asderbaldo, não seja mal educado com o moço.
- Mal educado? Ele quer cobrar uma fortuna por um galho cortado de pinheiro.
- Tuia, senhor. Este exemplar é uma Tuia Specialis, com características únicas de topiaria natalina.
- Galho de pinheiro e até meio seco.
- Asderbaldo...

Unscentos reais depois e muito exercício para colocar a Tuia Especial...
- Specialis, senhor, Tuaia Specialis

... como dizia, colocar a árvore no carro (uma história que conto depois), chegamos em casa e não é que a patroa acertou e começou a chover. Bem, também não demoramos apenas vinte minutos... Só a explicação do especialista em como adubar a Tuia Ispazialis duas vezes por...
- Perdão, senhor, é Tuia Specialis.

... como... dizia... adubar a árvore e o modo correto de pendurar as bolinhas em cada galho, isso durou pelo menos duas horas.

Seja como for, estava chovendo quando chegamos. Ela acertou a previsão e...
- Asderbaldo... Você deixou a janela do quarto aberta...

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home